Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mais Beja

Mais Beja

16
Fev17

Cidade de Beja sem estratégia para o turismo

Beja Turismo riscado.jpg

 

Portugal vive momentos de euforia em torno do turismo, com o nascimento de inúmeras atividades ligadas à hotelaria, restauração, lazer, cultura e serviços, com enorme impacto económico no país e nas cidades.

Em Beja, há falta de uma estratégia em termos turísticos, que se reflete na inexistência de um plano integrado, numa nítida ausência de promoção, atração e gestão dos equipamentos históricos existentes.

Mértola, “Vila Museu”, como é conhecida, tem um site específico para a promoção do turismo no concelho, (Visit Mertola), com informação completa e atraente sobre a vila e seus museus, hotéis, restaurantes, eventos anuais, mapas, fotografias, etc, encontrando-se em várias línguas (Espanhol e Inglês). Num país, em que cada vez mais as cidades e vilas apostam no turismo, como motor de desenvolvimento social e económico, através de negócios hoteleiros, restaurantes, lojas, aumento do número de visitas aos museus e outras atrações, a cidade de Beja, continua alheada, por culpa própria e dos seus governantes.

A informação turística da cidade, encontra-se no site oficial da Câmara, contendo informação básica e desatualizada, com fotos sem qualidade, e apenas em língua portuguesa, incapazes de atrair quem quer que seja.

Questiono o porquê dos bejenses e políticos locais implorarem a vinda de turistas através do aeroporto de Beja, como se isso se fizesse através de Decreto-Lei ou algo do género, quando nem temos um site específico, com toda a informação para os turistas e em outras línguas? Dói-me dizer isto, mas é a realidade.

 

Durante a campanha para as eleições autárquicas, um dos temas em foco deverá ser o turismo, como fonte de desenvolvimento da cidade, e que estratégia propõem cada um dos partidos e seus candidatos.