Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mais Beja

Mais Beja

13
Jul15

Diga lá outra vez Sr. António Costa…

Mais Beja

Estado ladrão 2.jpg

Como é possível um candidato a Primeiro-Ministro prometer fazer diferente ao atual Governo, e o único verdadeiro compromisso a nível fiscal - depois do brutal aumento de impostos que sufocou o país e matou a classe média -, é a descida do IVA na restauração?
Caro António Costa, o IVA da restauração não afecta minimamente o povo porque as pessoas podem ir ou não a um restaurante. Afetará os donos dos restaurantes, mas esses já só pensam nos turistas porque podem gastar dezenas de euros numa refeição, ao contrário do comum português. Já pão, leite, eletricidade, serviços de saúde, combustível, já não é uma opção. É uma obrigação, humana. Quem vive sem eletricidade que tem uma taxa de IVA de 23%? Como alguém pode ir trabalhar sem transporte, público ou próprio, que tem uma carga fiscal de 50% nos combustíveis? Ou pagar taxas moderadores na saúde de 20€, e ainda ter de ficar várias horas à espera para ser atendido?

Seja diferente e audaz. Não demagogo e hipócrita.