Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mais Beja

Mais Beja

20
Jun14

José Seguro

Pior que um populista, só um populista lançar ele próprio medidas populistas antes das eleições e acusar o seu opositor de ser populista, quando nada disse. E em Portugal tudo pode piorar, quando o primeiro é líder do partido há 3 anos, e só agora, quando vai cair do cavalo, se torna populista, o modo mais simples de ganhar votos.

É devido a este perfil de políticos, sem conteúdo ou matéria, fabricados no interior do partido, sem história, sem currículo, que o País chegou ao estado atual. O atual líder do PS só tem imagem, mas para construir essa imagem tem que andar com 3 especialistas em marketing e comunicação atrás para lhe dizer onde meter o pé, tirar selfies e que sorriso deve colocar.

José Seguro quer governar. Ponto final. Prova disso é a sua fixação ao afirmar todas as semanas que em 2015 vai governar. Não tem homens e mulheres para o seu governo. Não tem programa, além de 80 medidas que nada dizem e cabem em todos os partidos, da esquerda à direita, de tão abstratas que são.

Nas primárias que se realizam em setembro há um grande perigo: militantes dos partidos da oposição, que vão desde BE ao CDS, irem votar no Seguro. Todos sabem que o António Costa tem um currículo impressionante para o cargo de Primeiro-Ministro. Não é por acaso, que todos os partidos, à exceção do PSD, pedem eleições antecipadas. Para apanhar o mais poderoso possível adversário em contrapé. A política tem muito de tática e estratégia. As pessoas e as ideologias são secunárias.

Até setembro vai ser um sofrimento. Não pelo calor ou pelas novas medidas de austeridade que virão – a isso o povo já está habituado – será ouvir este senhor a debitar disparates como quem bebe água, num dia de 42º C, às 15 da tarde, em Beja.

6 comentários

Comentar post