Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mais Beja

23
Set12

Ricos, com aumento de imposto de 0,8%. Pobres, com aumento de imposto de 7%.

Mais Beja

A taxa social única (T.S.U) parece que já "lá vai", mas é um descalabro a falta de equidade e justiça no aumento de impostos e na contribuição de cada pessoa, independentemente se ganhe muito ou pouco, se tenha muito ou muitas vezes, nada. A T.S.U. vai (ou ia) aumentar 7%. Já para os ricos:

“No documento do Governo é possível verificar que em 2012, mais concretamente, até ao final de novembro, os proprietários de casas cujo valor patrimonial seja superior a um milhão de euros terão de pagar, a título de Imposto do Selo, uma taxa adicional de 0,8%, caso o imóvel ainda não tenha sido avaliado segundo as regras do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), aprovado em 2003. Caso o imóvel já tenha sido avaliado pelas novas regras, então a taxa será de 0,5%. Para 2013 a taxa a aplicar será única e de 1%.” Ler mais: http://expresso.sapo.pt/casas-de-luxo-terao-contribuicao-extraordinaria=f755045#ixzz27IX1QjE7

 

Aqui se vê o poder dos ricos e a fraqueza do Estado, que devia ser soberano, mas não é. Que devia de agir em favor do povo, e agi contra. Que devia de tirar aos ricos para dar aos (mesmo) pobres, e faz o contrário. Que devia de ser justo, e não é. Que devia de gerar equidade, e cria pobreza e miséria.

Os políticos só escutam, tocam, vêm, sorriem e falam ao povo, quando é período de eleições porque carecem dos seus votos para continuarem a enganar.


Talvez as palavras de Eça de Queiroz persistam por mais 100 anos…