Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mais Beja

30
Mar17

Os 6 melhores restaurantes de Beja

Lista de restaurantes atualizada em maio de 2021.

Luiz da rocha

Luiz da Rocha Restaurante.jpg

O Luiz da Rocha é mais conhecido pela sua doçaria, mas no 1º andar da pastelaria centenária situa-se o seu restaurante com comida tipicamente alentejana, muito bem confecionada. O atendimento pode não ser o mais simpático, mas vale pelo espaço e comida. E claro, as sobremesas, são deliciosas.

Encerrado: Domingo ao jantar.

Contacto: 284 323 179

Morada: R. Cap. João Francisco de Sousa, nº 63, 7800-018 Beja

 

Cervejaria Pulo do Lobo

Pulo do Lobo, Beja.jpg

 

Sem dúvida a melhor cervejaria-marisqueira de Beja. Todo o marisco (sapateira, camarão, lavagante, perceves, ostra, etc) é de excelente qualidade e frescura, com sabor a mar. A imperial é outro ponto forte do restaurante, não sendo necessário pedir aos funcionários para trazerem mais porque estão sempre atentos aos copos vazios. As entradas, como o presunto de pata negra ou salada de maionese são divinais.

O segredo é ficar-se pelas "entradas" e marisco. O ponto menos positivo são os "pratos", uma vez que são caros e de quantidade reduzida.

O atendimento é muito rápido e simpático.

O preço ronda os 60€ para 2 pessoas.

Encerrado: Domingo.

Contacto: 284 327 898

Morada: Praceta da Rainha Dona Leonor, 7800-431 Beja

 

O Toi Faróis

Toi Faróis.jpg

Restaurante bastante popular por todos os bejenses, situando-se na aldeia de Porto de Peles a 8 km da cidade de Beja. Serve a melhor carne de porco grelhada do Alentejo, sendo de qualidade irrepreensível. A salada que acompanha os grelhados é deliciosa, sendo um segredo do proprietário. Atendimento simpático. Espaço pequeno, encontrando-se quase sempre cheio, como tal, é fundamental fazer reserva.

Encerrado: Domingo.

Contacto: 284 361 130

Morada: R. Venâncio Rosa Gabriel, nº 6A, Porto de Peles, Beja

 

Espelho d’Água

Restaurante Espelho d'agua Beja.jpg

Localizado no Parque da Cidade, pode desfrutar da sua refeição com uma vista deslumbrante sobre o lago e o espaço verde envolvente. Entradas com produtos frescos e variados, desde torresmos alentejanos a saladas. Ementa muito diversificada com grande variedade de carne e peixe fresco, e ainda as espetadas que são a especialidade da casa. Dispõe também de um vasto leque de sobremesas deliciosas. Atendimento e simpatia dos empregados fantástica.

Encerrado: Segunda-feira.

Contacto: 284 325 103

Morada: Rua de Lisboa (Parque da Cidade), 7800-292 Beja

 

Adega Típica 25 de Abril

Adega 25 de Abril Beja.jpg

Situa-se numa das ruas perpendiculares à Praça da República, num espaço que foi no passado uma adega tipicamente alentejana, mantendo ainda muita da decoração. Comida bem confecionada, com pratos tipicamente alentejanos. Grande variedade de vinhos alentejanos, produzidos nos arredores da cidade de Beja. As sobremesas são deliciosas, em particular, a sericaia.

Encerrado: Domingo ao jantar e segunda-feira.

Contacto: 284 325 960

Morada: R. da Moeda, nº 23, 7800-396 Beja

 

Restaurante Dom Dinis

Dom Dinis 2.jpg

Este restaurante situa-se junto ao castelo de Beja, tendo o mesmo nome do Rei que mandou construir a imponente torre de menagem.

As entradas são deliciosas, com queijo, paio, presunto, azeitonas ou pão tipicamente alentejanos. Carne de primeira qualidade, com atendimento muito atencioso e simpático por parte do proprietário. A especialidade é o “pijaminha” (carne de porco preto grelhada no carvão) com ou sem carne de novilho grelhada, acompanhado de migas simples ou de espargos e batata frita estaladiça. Sem dúvida, não se irá arrepender.

Encerrado: Terça-feira ao jantar e quarta-feira.

Contacto: 965 337 578

Morada: Rua Dom Dinis, nº 11, 7800-350 Beja

 

Todas as opiniões são isentas e imparciais, não tendo recebido qualquer oferta ou compensação financeira. Não sou amigo ou conhecido de nenhum dos proprietários dos restaurantes.

Fonte das imagens: Google e site dos espaços de restauração.

 

Saiba mais sobre a cidade de Beja em: 6 razões para conhecer Beja

20
Mar17

Curiosidades sobre o Castelo de Beja

Castelo Beja corte.jpg

 

Sabia que…

  • As primeiras muralhas são datadas entre o séc. III e IV, no período do império romano.
  • A grande reconstrução aconteceu em 1253 e deveu-se à iniciativa de D. Afonso III (Rei de Portugal de 1249 a 1279, ano em que morreu).
  • A muralha do castelo tem uma forma pentagonal e é constituída por 6 torres, incluindo a torre de menagem.
  • Em 1310, no reinado de D. Dinis (filho de D. Afonso III), dá-se início à ampliação da muralha e construção da torre de menagem.
  • A torre de menagem tem 40 metros de altura, tornando-se a mais alta da Península Ibérica.
  • Tem um formato quadrangular.
  • É constituída por blocos de mármore.
  • Para ir até ao seu topo, é necessário subir 183 degraus.
  • É constituída por 3 andares, que funcionam como salas ornamentadas.
  • A Casa do Governador, que fica no interior do castelo, foi mandada construir no séc. XV, para receber o Infante D. Afonso na sua lua de mel.
  • A cerca muralhada, que rodeava a cidade era formada por 40 torres e 7 portas de entrada para a cidade.

 

Fontes: Wikipédia e Câmara Municipal de Beja.

 

Veja fotos do castelo em: Castelo de Beja (Fotos)

17
Mar17

Monumento em honra ao rei-poeta Al-Mutamid

Monumento em honra ao rei-poeta Al-Mutamid (2).jpg

Monumento em honra ao rei-poeta Al-Mutamid (4).jpg

REI-POETA AL-MUTAMID 2.JPG

FOTOS: MAIS BEJA

 

O momumento situa-se no Parque da Cidade. E quem foi este rei e poeta?

Al-Mutamid ou Al-Mu’Tamid, nasceu em Beja em 1040, sendo o único rei que nasceu na cidade, tornando-se igualmente um dos maiores poetas do seu tempo. A poesia e a cultura floresciam nas cortes árabes, mas após a queda de Córdova, o Sul de Espanha fragmentara-se em inúmeras taifas que se digladiavam entre si com o objetivo de obterem mais poder e prestígio. Herdeiro de uma das mais poderosas dinastias então reinantes que governava Sevilha, Al-Mutamid era um homem de índole benévola, amante de tertúlias. Após a morte do seu pai, em 1063, tornou-se rei da taifa de Sevilha e o seu reinado estendia-se, além do Algarve e de grande parte do Alentejo, a cidades como Ronda, Huelva, Carmona, Algeciras, Jaén, Córdova, Sevilha e Múrcia. Al-Mutamid, último soberano da dinastia Abádida e do reino Taifa de Sevilha, foi derrotado em 1091, pelos almorávidas, berberes do Norte de Marrocos que aproveitaram a fraqueza dos reinos Taifas para os dominar, e enviado para o exílio, em Aghmat, onde acabou por morrer em 1095 no cativeiro.

13
Mar17

Janela de rótulas

As janelas de rótulas são uma herança islâmica, formadas por tabuinhas de madeira, tendo como função deixar circular o ar e permitir espreitar para fora, preservando a privacidade de quem está dentro de casa, evitando que quem está atrás da janela seja visto por quem está de fora. Esta janela única, encontra-se na Rua do Ulmo, em Beja.

Janela de Rótulas 1.JPG

Janela de Rótulas 2.JPG

Janela de Rótulas 1.1.jpg

 FOTOS: MAIS BEJA

07
Mar17

Museu da Farmácia de Beja

A cidade de Beja tem um museu pouco conhecido, o Museu da Farmácia, da responsabilidade da Santa Casa da Misericórdia de Beja. Fica no antigo hospital da cidade, chamado Hospital Grande de Nossa Senhora da Piedade, conhecido como Hospital da Misericórdia, mandado construir em 1490 por D. Manuel I. Neste espaço é possível ver mobiliário do antigo hospital, instrumentos médicos, frascos com os nomes dos reagentes e utensílios para produção de fármacos, imagens de anatomia, entre outros objetos e instrumentos necessários para cuidar dos doentes. É pequeno, mas vale a pena a visita.

Museu da Farmácia, Beja 1.JPG

Museu da Farmácia, Beja 2.JPG

Museu da Farmácia, Beja 3.JPG

FOTOS: MAIS BEJA