Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mais Beja

Mais Beja

20
Abr18

6 razões para conhecer Beja

Castelo de Beja (17).JPG

 

O Castelo e a sua Torre de menagem são a primeira razão para conhecer a cidade de Beja. O castelo apresenta uma muralha, flanqueada por 6 torres, sendo a principal, a imponente torre de menagem, devido à sua beleza arquitetónica e aos seus 40 metros de altura. Pode subir-se até ao topo e admirar do alto toda a cidade e a planície alentejana.

Depois de admirar este fantástico local, e toda a sua arquitetura com 800 anos de história, vá direto à Praça República. Neste local encontra-se a Câmara Municipal. Numa das extremidades encontra-se a lindíssima Igreja da Misericórdia, projetada inicialmente para ser um açougue (mercado), mas durante a construção a obra tornou-se tão bela e majestosa, que foi transformada em local de culto religioso. Na outra extremidade da praça é possível observar o Pelourinho da cidade.

Depois, vem a gastronomia, com deliciosos restaurantes que servem comida tipicamente alentejana, como a Adega 25 de Abril, O Pipa, Restaurante Luiz da Rocha ou o Tem Avondo.

O passo seguinte é conhecer o Museu Regional de Beja ou Museu Rainha D. Leonor, com a sua estátua na parte exterior. Após entrar no museu é possível observar um dos raros bustos de Júlio César (Séc. I), líder militar e político do Império Romano, que dominou a cidade durante 600 anos. O principal museu da cidade possui várias coleções de outros conventos e palácios da cidade, como quadros, andores, imagens, jóias e diversos objetos de culto. Ao caminhar, é possível observar as lindíssimas pinturas de mestres portugueses, espanhóis e holandeses, onde se inclui um lindíssimo Ecce Homo do Séc. XV, bem como a igreja do antigo convento, a Sala do Capítulo, a Sala dos Brasões e o Claustro.

De seguida, vá à pequena mas lindíssima Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, construída em 1672. No seu interior, é possível observar painéis de azulejos da autoria de Gabriel del Barco, pinturas e revestimentos com talha barroca, assim como o corpo da igreja, cujo teto é pintado a fresco.

No final do dia, aproveite para relaxar e saborear um doce no  Café e Pastelaria Luiz da Rocha, fundada em 1893. Este é um espaço único e acolhedor que proporciona à cidade de Beja um agradável ponto de encontro, lazer, comunicação e descontração, mantendo vivo o espírito e o ambiente dos clássicos cafés-tertúlia. Não deixe de experimentar as trouxas do Real Convento de Nossa Senhora da Conceição ou as deliciosas queijadas de requeijão. Não ir a este espaço único, é como ir a Lisboa e não passar pelos famosos Pastéis de Belém. Se não quiser degustar os fantásticos bolos, vá apenas para conhecer um café antigo e cheio de história.

Bom passeio na cidade de Beja!

 

Saiba mais em: Guia Turístico de Beja

1 comentário

Comentar post