Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Mais Beja

Mais Beja

05
Nov18

Parque da Cidade sem manutenção

Mais Beja

A cidade de Beja assiste ao degradar de todo o seu património, seja municipal, regional (ex.: Museu Regional de Beja), privado (ex.: edifícios na Praça da República e Rua do Touro), religioso (ex.: Ermida de São Pedro) ou do governo central (ex.: antigo edifício do Governo Civil). Ao passear pela cidade, é possível verificar o estado de degradação a que chega os equipamentos fruto da ausência de um trabalho de manutenção rigoroso e permanente. No caso do Parque da Cidade de Beja (fotos abaixo), a manutenção tem sido apenas cortar a relva e apanhar o lixo que muitas pessoas insistem jogar para o chão (farão isso nas suas casas?).

Qualquer equipamento, com o uso e o passar dos anos sofrem desgaste e danos provocados por pessoas, animais ou árvores e requerem sempre obras para manter as características iniciais. Neste caso, é visível que o espaço não tem recebido as reparações necessárias de forma a manter-se um espaço de lazer agradável, bonito e seguro para todos, para o qual foi projeto. O problema não é de hoje ou de há 1 ano. Tem vários anos!

É urgente cuidar do património da cidade, e isso não tem sido feito, pelos menos, nos últimos 10 anos. Não é um problema exclusivo da câmara, mas de todos. No caso aqui retratado, a culpa é do município, que não adotou nenhum plano para recuperar a beleza do Parque da Cidade. Basta ver o estado degradante em que se encontra o WC público, deck e mobiliário exterior do único café existente no parque, tendo inclusive afugentado muitos clientes que frequentavam o local.

Parque da cidade mal cuidado (1.1).jpg

Parque da cidade mal cuidado (2).jpg

Parque da cidade mal cuidado (3).jpg

Parque da cidade mal cuidado (4).jpg

Parque da cidade mal cuidado (5).jpg

Parque da cidade mal cuidado (6).jpg

 FOTOS: MAIS BEJA