Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mais Beja

08
Fev24

Partido Socialista a enganar os bejenses

Mais Beja

202401261907453384.jpeg

FONTE: O ATUAL

 

O Partido Socialista (PS) iniciou a pré-campanha às Eleições Legislativas de 10 de março no distrito, com os candidatos a deputados à Assembleia da República. Nesta notícia, é referido: “Nelson Brito, Pedro do Carmo, Telma Guerreiro, Marisa Saturnino e Rita Costa, têm reuniões agendadas com o Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), com o departamento de saúde mental da ULSBA e com a provedora da Santa Casa da Misericórdia de Serpa, entidade que administra o hospital de São Paulo em Serpa.
Fica evidente, e sem margem para dúvida, que os deputados (2) do Partido Socialista, presentes da Assembleia da República nos últimos anos e apoiantes do Governo, continuam a não saber o que se passa na região em termos de problemas, défices e ausências na área da saúde no distrito de Beja. O PS, governa os destinos do país desde 2015, e agora, em 2024, os seus deputados, vêm saber quais os problemas em termos de saúde pública na região?! Os problemas são diários e permanentes ao nível da saúde no distrito, com falta de médicos de famílias, consultas de recurso, inexistênxia de médicos de várias especialdiades, tempos prolongados para consulta da especialdiade ou cirurgia, o único hospital do distrito aguarda a sua expansão e modernização, etc. Fica transparente como a água, que nada fizeram em 9 anos. Ou, pretendem enganar os bejenses, transmitindo a imagem que a partir de agora, caso ganhem as próximas eleições a 10 de março, vão resolver os problemas da saúde na região. Das duas, uma.


Há alguns meses, um militante do PS disse que tinha sido realizado investimento em Beja, dando como exemplo a inauguração do Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental da ULSBA. Este novo edifício e respetivo serviço, foi inaugurado por Paulo Macedo, Ministro da Saúde do Governo PSD, em 2015.


Continuem a votar nos mesmos, e nem daqui a 20 anos haverá mudanças na saúde pública a nível distrital, sendo que Beja tem o único hospital da região!

2 Comentários

Comentar post