Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mais Beja

Mais Beja

25
Out17

Turismo, Beja e Instituto Politécnico

Mais Beja

Castelo de Beja (9).JPG

FOTO: MAIS BEJA

 

Como é possível uma cidade como Beja, com um património riquíssimo e único, uma história imensa e de grande valor, não tenha um site específico sobre turismo? Que não tenha um plano estratégico e vasto capaz de atrair turistas? Não tenha um guia atrativo e informativo para quem chega à cidade, possa conhecê-la a pé e com uma máquina fotográfica na mão? Não exista, por exemplo, áudio-guia no Museu Regional de Beja, como se vê nos principais museus, de forma a fornecer mais informação sobre a história da cidade e do país ou das obras expostas?


Na página oficial do município, a secção “Turismo” apresenta informação dispersa, sem design apelativo, com informação desatualizada e dissemina por várias páginas e documentos PDF, sendo a leitura demorada e complexa. Além disso, a informação apenas esta disponibilizada em português.

Mais absurdo se torna, quando a única instituição de ensino superior, o Instituto Politécnico de Beja (IPB), forma pessoas na área do turismo, através de uma licenciatura, e não aproveita os docentes, alunos ou licenciados, para investir na promoção turísticas na cidade. A própria página oficial do IPB, tem como informação turística aos seus alunos, o seguinte: “A Cidade de Beja e a Região”, seguido de uma enorme página em branco, sem qualquer informação para os alunos de fora do distrito ou estrangeiros. É só ir à página oficial (https://www.ipbeja.pt), e constatar tal facto.


Facilmente poderia ser realizado uma parceria entre a Câmara e o Instituto Politécnico de Beja/ESTIG para a criação de um site específico e aplicação para smartphone e tablet, de forma a promover e divulgar o melhor que a cidade tem para mostrar e saborear, e em várias línguas, como o espanhol, francês, inglês e alemão, de forma a pensar no mercado externo.
Um projeto destes de certeza não seria dispendioso para ambas as partes, e seria benéfico para a cidade e toda a região.

 

Aqui o blogue deu um pequeno grande contributo, com a criação do Guia Turístico de Beja (português e inglês), algo que senti que deveria “dar” à cidade que adoro. E, desde que coloquei no blogue, a versão em português já foi descarregada cerca de 300 vezes, revelando interesse em conhecer a cidade.

1 comentário

Comentar post